Presidente do Sintap/MT e servidores vão à Brasília para lutar contra PEC 32 que retira do povo direitos essenciais Destaque

Quinta, 05 Agosto 2021 11:00 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Assessoria de Imprensa
Sintap/MT

Servidores de todo o Brasil, dentre eles, do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea/MT), estiveram em Brasília nesta terça-feira (03.08) para lutar contra a Reforma Administrativa (PEC 32), que pretende pôr fim à estabilidade dos servidores públicos e ampliar a possibilidade de nomear funcionários comissionados. Também acaba com serviço público e retira do povo direitos essenciais assegurados na constituição federal.

“Essa reforma visa claramente prejudicar a solidez da carreira no serviço público conquistada via concurso, sob o argumento que são regalias prejudiciais para a economia do país, contudo, é mais uma forma cruel de tirar os direitos dos servidores e da população”, afirmou a presidente do Sintap/MT, Rosimeire Ritter, que somou esforços junto a outros servidores do Indea mato-grossense para lutar contra a PEC 32.

Estiveram no evento os servidores Jeferson Banderó, José Carlos Mesquita, Maria Fernanda Freitas de Almeida Casula e Raimunda Suany

Durante o ato na capital federal, os servidores protestaram com faixas e cartazes em frente ao Congresso Nacional e Palácio do Planalto, chamando a atenção das autoridades e cidadãos para o assunto. Na oportunidade, tentaram reunir-se com presidente da Câmara dos Deputados, deputado Arthur Lira, porém, não houve essa possibilidade.

Contudo, os sindicatos presentes elaboraram e protocolaram um documento com posicionamentos e argumentos firmes contra a PEC 32.

Ler 43 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros