Sintap-MT

Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Em "missão diplomática" pelo Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap-MT), o presidente interino, Isidoro Celso dos Santos Júnior, esteve no Palácio Paiaguás na tarde da última sexta-feira (21). Isidoro é amigo de infância do tenente-coronel da Polícia Militar Jordan Espíndola dos Santos, que é o secretário-chefe de Gabinete do Governo de Mato Grosso.

Na mesma tarde Isidoro visitou outro amigo. Antes de ir ao Paiaguás, ele passou na Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato), onde foi recebido pelo diretor de Relações Institucionais da entidade, José Luiz Martins Fidelis, que também é o atual presidente do Sindicato Rural de Matupá, onde Isidoro ocupa o cargo de Tesoureiro.

Isidoro, que é vice-presidente do Sintap-MT na atual gestão, está ocupando o cargo de presidente em exercício da entidade uma vez que a presidente, Diany Dias, encontra-se viajando, só devendo retornar às funções no próximo dia 31 de outubro.

A visita dele ao Paiaguás e à Famato segue o trabalho de Diany Dias, que se relaciona com representantes dos poderes Executivo e Legislativo, estreitando as relações e buscando ampliar o diálogo para melhor representar o Sintap e os interesses dos servidores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal, do Instituto de Defesa Agropecuária (INDEA/MT) e Instituto de Terras de Mato Grosso (INTERMAT).

Luiz Perlato - SINTAP/MT

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

Nesta terça-feira, 25 de outubro, é o Dia da Democracia. Uma data de extrema importância para o povo brasileiro, pois foi através dela que se conquistou o poder ao voto, por exemplo.

Vale lembrar que a data foi escolhida por ser o dia da morte do jornalista Vladimir Herzog, em 1975. Militante na luta pela democracia e pelo fim da censura praticada pela ditadura militar, foi torturado e morto. Sua morte causou indignação popular e tornou-se um marco na luta pela redemocratização do Brasil, consolidada com a Constituição Federal de 1988.

Para o Sintap/MT, a data de hoje deve ser celebrada de todas as formas, “em especial deve-se refletir sobre seu aperfeiçoamento, com o fortalecimento das instituições, aumento da representatividade dos diversos segmentos da sociedade e valorização do Estado Democrático de Direito, para que a soberania popular continue a ser respeitada e possível de ser manifestada a qualquer momento, sem ser censurada como vemos em muitos momentos e em determinadas situações”, afirma a presidente da entidade sindical, Diany Dias.

Conforme a presidente ainda, “estamos nos aproximando de mais um dia de votação, onde iremos definir quem comandará o nosso país nos próximos anos, vale reforçar que esse direito de elegermos nossos representantes através do voto direto, secreto, universal e periódico é uma conquista do povo decorrente de anos de luta para que vivêssemos em um País democrático, então, vamos fazer valer também esse direito conquistado por nós, brasileiros”, pontuou ela.

Acesse nosso site: sintapmt.org.br

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/SintapMT

Siga nosso Instagram: @sintap_mt

Por ocasião do pré-serviço ( primeiro treinamento em que mostram as diretrizes do órgão ), que está acontecendo no Hotel Paiaguás em Cuiabá, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap-MT) participou do evento, dando as boas vindas aos colegas.

A Diretoria do Indea concedeu o espaço, que permitiu à diretora-financeira do Sintap, Maria Fernanda Freitas de Almeida Casula, e a advogada Marina Faiad,que integra o corpo jurídico do Sintap- MT, a fazer uma apresentação do Sindicato aos servidores, resgatando o histórico de lutas e as conquistas para a categoria, dentre as quais o plano de cargos, carreiras e salários (PCCS) e a realização de concurso público no Instituto.

A Diretora Maria Fernanda, falou da importância da Unicidade Sindical, no qual a lei permite apenas um sindicato representando a categoria, justamente por conta do fortalecimento e consequentemente a garantindo desta forma que os direitos dos servidores sejam preservados.

Muitos dentre os novos servidores ainda desconheciam a origem do Sintap, bem como as lutas que o Sindicato encampou desde o seu advento, mas, com as falas de Maria Fernanda e Marina Faiad, e também com um vídeo que foi apresentado no curso promovido pelo Indea, os servidores passaram a saber como a categoria chegou aos patamares de hoje, em termos salariais e direitos conquistados. Nesse vídeo, mesmo estando viajando a presidente do Sintap, Diany Dias, deixou uma mensagem aos congressistas, em que falou da importância da filiação deles para fortalecer a entidade que os representa.

Também foi exibido um vídeo do representante da UNAFA ( União Nacional dos Servidores da Defesa Agropecuária) Francisco Saraiva (SINFA/MA), falando do Sintap-MT e como a entidade é referência para os sindicatos da Defesa Agropecuária de outros Estados, além da importância de todos os servidores estarem filiados e trabalhando junto com o sindicato.

Vale lembrar que o cenário atual requer muita união, como foi enfatizado ontem por Maria Fernanda e Marina Faiad, e muita mobilização, para o enfrentamento de desafios como a PEC-32, da reforma administrativa, que deve ser colocada em votação na Câmara Federal logo após o segundo turno da eleição presidencial, no dia 30 de outubro. precarizando o serviço público e reduzindo os recursos para a aposentadoria dos servidores. Se luta também contra o avanço da terceirização e outras pautas, todas elas de grande importância, porque impactam a nossa vida funcional.

Sindicato e Associação

O primeiro fator que diferencia essas duas organizações são os limites de cada uma. A associação atua em nome, apenas, de seus associados, enquanto a atuação sindical se estende a toda categoria profissional, independente de estar ou não filiado. O movimento sindical existe para ser porta-voz de uma categoria. 

A Associação não tem o respaldo legal para negociar com o governo qualquer pauta relacionada à categoria, pois isso é prerrogativa do Sindicato. Portanto, as associações não podem participar de decisões coletivas, e muito menos entrar em negociações, elas podem se encarregar apenas da parte social, ou seja, as ações relacionadas a confraternizações, esporte e lazer para os associados.

Em sua fala aos servidores do Indea na quarta-feira (19), a advogada Marina Faiad, explicou sobre as atribuições de cada uma dessas entidades. E o Sintap-MT também levou 2 banners ao local do evento, um deles contendo apenas o que se refere a Associação, e o outro, sobre Sindicato e suas atribuições.

       

Luiz Perlato - Sintap/MT

Um grupo de animados aposentados e pensionistas do Indea e Intermat foi flagrado na madrugada de hoje (18) invadindo o aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, e andando como se estivessem no mundo da lua. E esse comportamento foi almejado pelo Sintap. A presidente do Sindicato, Diany Dias, inclusive, está no grupo, com sua filha Daniele.

De camisetas verde e branco, eles caminhavam apressadamente rumo ao portão de embarque, para a viagem a Porto Seguro. A felicidade estampada no rosto era tão grande que foi impossível passarem despercebidos.

Uma semana de férias num lugar paradisíaco costuma causar esse efeito nas pessoas, sobretudo as da melhor idade, desejosas de fugir da rotina.

A vida é breve, e é preciso aproveitar. A vida passa rápido demais. E se você não parar de vez em quando para vivê-la, vai acabar perdendo o seu tempo. Os aposentados e pensionistas sabem disso, principalmente os do Indea e Intermat, que após mais de vinte ou trinta anos dedicados ao serviço público agora querem descansar e viver ao máximo.

Curtam a vida adoidado! É o que deseja o Sintap/MT a todos os seus sindicalizados.

Luiz Perlato - Sintap/MT

Tudo preparado em conformidade ao planejamento para a viagem proporcionada pelo Sintap/MT e organizada pela Diretoria dos Aposentados e Pensionistas e a Empresa Conexão Inesquecível. A presidente do Sintap/MT, Diany Dias, viaja no dia 17/10/2022 para acompanhar a organização em Porto Seguro. O retorno a Cuiabá será no dia 27 de outubro.

No dia 18/10/2022 viajam 03 grupos e no dia 19/10/2022, outro grupo, completando os grupos dos Aposentados e Pensionistas com acompanhantes e servidores da ativa, perfazendo um total de 164 pessoas.

"Agradecemos a compreensão de todos na organização", declarou a diretora dos Aposentados e Pensionistas, Orenil de Andrade, complementando que todos já receberam o bilhete de viagem com dia e horário de voo e as devidas orientações.

"Na chegada no aeroporto de Porto Seguro teremos o translado para o hotel. Tudo preparado para que possamos usufruir das belezas de Porto Seguro. Ressaltamos a importância dessa integração proporcionada pelo Sintap aos aposentados e pensionistas que contribuem efetivamente para o desempenho do Sindicato nas Lutas Sindicais".

Conforme Orenil, proporcionar qualidade de vida é um reconhecimento do Sindicato aos valorosos servidores aposentados e pensionistas do INDEA e INTERMAT. "Vamos que vamos brindar a vida nas ondas do mar de Porto Seguro. Bênçãos de Deus e Nossa Senhora a nossa viagem. Luz e paz. Orenil de Andrade/ Diretoria dos Aposentados e Pensionistas", concluiu.

SINTAP/MT

Passado o 1º turno das eleições 2022 e definido o cenário político do parlamento, no qual teremos de movimentar as nossas lutas, fazemos o chamado à responsabilização de cada um e de cada uma, pois precisaremos de todos na soma das tarefas que são coletivas.

Querem acabar com o serviço público, e estamos aqui fazendo um alerta para a Categoria, pois a reforma administrativa (PEC 32) do governo está pronta no Congresso Nacional pra ser votada. No ano passado conseguimos impedir a votação, mas neste ano ela está sendo reprogramada, e precisaremos de força total para não perdemos essa batalha.

Neste momento é imprescindível e urgente a participação e envolvimento de todos com a tarefa coletiva de barrar a PEC 32. Pedimos a todos os Servidores que enviem aos Parlamentares de Mato Grosso e demais, através do e-mail, mensagem solicitando o voto deles CONTRA a Reforma Administrativa.

Seguem, abaixo, os endereços eletrônicos dos parlamentares em exercício, representantes dos eleitores de Mato Grosso:

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

A orientação, portanto, é botar pressão, porque somente assim poderemos derrubar esse veto. Participem!


Confira, a seguir, um modelo que pode ser adaptado às suas mensagens:

 


Excelentíssimos Senhores Senadores e Deputados Federais,

Na condição de trabalhador do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso, composto pelo Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT) e pelo Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) venho, por meio desta carta, firmar minha posição contrária à PEC 32, da Reforma Administrativa, proposta pelo Governo Federal, que deverá voltar a tramitar no Congresso Nacional logo após o 2º turno da eleição presidencial.

Em defesa dos servidores públicos de todo o país e dos serviços públicos prestados à população, peço que votem CONTRA essa PEC, que ataca os direitos dos servidores públicos e prima pelo desmonte dos serviços públicos prestados à população em geral, o que inclui o SUS, em plena pandemia no país e demais serviços de excelência e essenciais ao bom funcionamento dos mais diversos setores da economia, educação e saúde.

Quem impediu que até agora a reforma administrativa não fosse votada, fez oposição e defendeu o serviço público foram os sindicatos e também os políticos de partidos que acompanham e apoiam a luta dos servidores públicos contra a precarização de direitos.

Certo do nobre trabalho de Vossas Excelências em defesa da população e do Estado Democrático de Direito, conto com a sua ajuda nesse momento.

 

Contamos com o apoio e participação de toda a Categoria.


Saiba mais

Em 2021, servidores de todo o País, de diversos segmentos do funcionalismo, se uniram numa grande mobilização durante 14 semanas consecutivas em Brasília, e a mobilização permanente foi importante para que a PEC 32 não avançasse no Congresso.

Outro fator significativo foi a aproximação do ano eleitoral, que também contribuiu para o recuo dos parlamentares, mas vale destacar que os deputados e senadores já eleitos não terão mais essa trava após o 2º turno.

Você tem alguma dúvida de que a PEC 32 não vai ser aprovada? E não é só a estabilidade que está ameaçada não. É o próprio serviço público.

Entre outros pontos, a proposta:

⇒ Abre as portas para terceirização permitindo a criação de vínculos sem a regra geral do concurso, aumentando, assim, a indicação para cargos comissionados;

⇒ Mantém a estabilidade apenas para “cargos típicos de Estado”, cuja definição será dada por uma Lei Complementar Federal;

⇒ Acaba com o Regime Jurídico Único (RJU), o que abre portas para servidores dos mais diversos regimes trabalharem perante o mesmo órgão (celetista, estatutária, regime híbrido etc.);

⇒ Proíbe a redução de jornada sem a correspondente redução de remuneração;

⇒ Veda a progressão ou promoção baseada exclusivamente em tempo de serviço.

⇒ Avaliação de desempenho em ciclos semestrais. O servidor será exonerado com base em critérios subjetivos;

⇒ Permite o desligamento de servidores de cargos considerados obsoletos. Como primeiro critério, serão afastados servidores de acordo com a média do resultado das três últimas avaliações de desempenho que, como mostrado acima, utilizará critérios subjetivos;

⇒ Permite a redução de jornada de trabalho e da remuneração de servidores em 25% nos períodos de crise fiscal.

⇒ Permite ao Poder Legislativo editar normas gerais para delegar a particulares atividades exercidas pelo poder público. Permite-se mesmo o compartilhamento de estrutura física e a utilização de recursos humanos de particulares, com ou sem contrapartida financeira, salvo atividades privativas de cargos típicos de Estado.

Atenção!

Frisamos que parlamentares que votaram contra o serviço público como Bia Kicis (DF), Kim Kataguiri (SP), Marcel Van Hattem (RS), Ricardo Barros (PR) e Arthur Lira foram reeleitos, e a expectativa é de que o debate da reforma administrativa (PEC 32) aconteça depois das eleições em segundo turno.

SINTAP-MT

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

Acontece nos dias 26 e 27 de outubro, em Rondonópolis, o Seminário de Inspeção de Produtos de Origem Animal e Feira de Produtos Inspecionados (SIPOAFE), que tem como objetivo mostrar a importância da inspeção sanitária em toda a cadeia produtiva.

De acordo com o Gerente Regional da Unidade Regional de Supervisão (URS) do INDEA/MT, Ricardo Oliveira Alves e organizador do evento, “o seminário irá abordar todo o trabalho de inspeção, seja nos estabelecimentos rurais com a atividade da Defesa Sanitária Animal, através do retorno de informações sobre doenças identificadas nos animais nos abatedouros-frigoríficos ou diretamente atuando na saúde coletiva, proporcionando que alimentos inspecionados cheguem à mesa do consumidor de forma segura e sem colocar em risco a sua saúde”, explicou.

O evento visa ainda a capacitação dos agentes envolvidos na produção de produtos de origem animal e a regularização dos estabelecimentos, abrindo mercado e consequentemente gerando emprego e renda, tendo como público alvo: gestores públicos dos órgãos públicos relacionados a Inspeção de Produtos de Origem Animal, profissionais ligados a inspeção agropecuária, professores e estudantes de áreas afins, feirantes, produtores rurais, proprietários de agroindústrias sujeitas a inspeção seja de derivados de leite (iogurtes, queijos, muçarelas, manteiga, requeijão, dentre outros), embutidos (salames, linguiças, paio, copa, bacon, defumados, hambúrguer e outros), geleia de mocotó, ou seja, produtos de origem animal, além das pessoas interessadas em construir abatedouros e entreposto de carnes e precisam saber o caminho da regularização do seu empreendimento, seja no serviço de Inspeção Municipal, Estadual ou Federal; Por fim, consumidores em geral.

Entre os principais temas abordados, estão: Papel do médico veterinário nas indústrias de alimentos – Drº Roberto Renato Pinheiro da Silva – Presidente do CRMV; Modernização e Autocontrole – CISPOA/INDEA; Licenciamento ambiental das agroindústrias - SEMA/MT – Ailton Fonseca Diretor Regional da SEMA/MT; Tecnologia de Produtos de Origem Animal e riscos a saúde do consumidor inerente ao consumo de Produtos não inspecionados; Regulamentação do comércio de produtos de origem animal nos consórcios públicos de municípios - Gerente de Projetos da Associação dos Municípios de Mato Grosso (AMM); Outros.
O seminário acontece no Parque de Exposições da cidade para aproximadamente 300 pessoas e recebe total apoio do Sintap/MT. “Toda capacitação que vem para somar com o trabalho dos nossos servidores ou para melhor preparar os profissionais em relação a cadeia produtiva na qual atuamos são sempre muito bem-vindas e nós não poderíamos deixar de apoiar e contribuir na divulgação deste seminário tão importante”, afirmou a presidente Diany Dias.
LINK INSCRIÇÃO –
Conforme o organizador do seminário ainda, “as inscrições já estão abertas e quem tiver interesse já deve garantir a sua participação, pois as vagas são limitadas”, alertou Ricardo.

Para mais informações ou para fazer a sua inscrição, acesse o link abaixo:
https://www.sympla.com.br/evento/seminario-de-inspecao-de-produtos-de-origem-animal-e-feira-de-produtos-inspecionados-sipoafe/1707330

Hoje, dia 12 de outubro, além de ser o Dia das Crianças, Dia da Padroeira do Brasil, também é o dia de uma importante profissão, que contribui de forma significativa para potencializar a agricultura brasileira. É o dia do engenheiro agrônomo.

Vale destacar que Mato Grosso com uma área de mais de 900 mil km², o estado é o maior produtor de soja, milho, algodão e rebanho bovino do país, ou seja, a agricultura é a principal atividade econômica do estado, que é uma potência agrícola mundial. Esse resultado que eleva o nome do nosso Estado é nos torna pujante é graças ao trabalho do engenheiro agrônomo.


Lembramos ainda que o Dia do Engenheiro Agrônomo é comemorado na data em que foi regulamentada esta profissão no Brasil, o que aconteceu através do decreto de lei nº 23.196 de 12 de outubro de 1933.


Diante disso, nós, do Sintap/MT, nos orgulhamos por tê-los fazendo parte do quadro de servidores do Indea/MT e Intermat/MT.


Você é um importante profissional que merece nosso reconhecimento e nossas homenagens todos os dias.


Parabéns a você, Engenheiro Agrônomo do Indea e Intermat!!!!

Diany Dias
Presidente/Sintap-MT

Creditos foto: Senado Federal

Parceiros