Sintap-MT

Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

A elaboração da nova identidade funcional dos servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (INDEA/MT) e Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) foi o tema de uma reunião na tarde de ontem (6), entre a presidente do Sindicato do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT), Diany Dias, e o representante de uma empresa prestadora de serviços, André Martins. As novas carteiras funcionais foram solicitadas pelo governo do Estado. Para tirar o documento, o profissional deve seguir as regras determinadas pela entidade de classe de sua profissão.

Luiz Perlato/SINTAP/MT

Com pesar, o Sindicato do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) informa o falecimento do senhor Kenzo Yabunaka, de 80 anos, ocorrido hoje (06). Trata-se do pai do servidor do Instituto de Defesa Agropecuária (INDEA/MT) de Campo Novo do Parecis Plínio Yabunaka. O velório e o sepultamento serão em Tangará da Serra-MT.
Ao Plínio e familiares, as condolências do nosso Sindicato.

Com pesar, o Sindicato do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) comunica o falecimento, hoje (6) do senhor Antonio de Oliveira Silva, de 72 anos, pai do servidor do Instituto de Defesa Agropecuária (INDEA/MT) de Primavera do Leste Ricardo Pereira da Silva. O velório está sendo realizado na cidade de Poxoréu, onde também acontecerá o sepultamento, amanhã (7) às 7 horas.

Ao Ricardo, as condolências do nosso Sindicato.

Indignados com o descaso do governo Mauro Mendes, que continua se recusando a dialogar com as lideranças sindicais, os servidores públicos estaduais decidiram mudar o tom do discurso e prometem ir pra cima com tudo daqui por diante, para garantir a recomposição salarial e a realização de concurso público.

O tempo urge, e por isso o Fórum Sindical, reunido ontem à tarde na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais da Carreira dos Profissionais de Desenvolvimento Econômico Social (Sindes/MT), decidiu convocar os servidores para atos na Casa Civil e na Assembleia Legislativa já nesta quinta-feira (7).

Além disso, ficou definido que a capital de Mato Grosso terá duas grandes manifestações no mês de maio. No Dia do Trabalhador acontecerá o Grito dos Excluídos, ato unificado com os trabalhadores da iniciativa privada, e para o dia 16 foi aprovada a realização de uma grande manifestação dos servidores públicos estaduais, com caravanas de todos os cantos do estado.

Até mesmo a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos da Saúde do Estado de Mato Grosso - SISMA/MT, Carmen Machado, que sempre adotou uma postura mais diplomática em busca de diálogo, já perdeu a paciência. Ontem, acompanhada da inseparável 1ª secretária, Tatiana Lima da Costa Refosco, ela afirmou que toda semana tem ido à Assembleia Legislativa, porém sem conseguir despertar a atenção da classe política, nem para as pautas coletivas e nem para as específicas.

"Teremos que partir para o enfrentamento, e daqui em diante só apoiaremos os políticos realmente comprometidos com a luta dos trabalhadores, os demais serão expostos", avisou Carmen, salientando que desejava sair da reunião no Sindes sabendo o que fazer para levantar todas as carreiras. Foi daí que surgiu o calendário de mobilização do Fórum Sindical, porque ninguém mais quer se limitar a aprofundar discussões nos grupos de whatsapp.

Sintap/MT

A presidente do Sindicato do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT), Diany Dias, participou da reunião e deu informes sobre uma reunião que ela teve com o secretário-chefe da Casa Civil, Basílio Bezerra, pela manhã. Segundo ela, foi uma reunião proveitosa, mas o secretário informou, na ocasião, que o governo não atenderá as categorias coletivamente.

Diany é uma das coordenadoras do Fórum Sindical, com Carmen Machado, Laudicério Machado (ACSPMBM/MT), e Valdeir Pereira (Sintep/MT). Dos 4 coordenadores, apenas o Valdeir não compareceu, porém o Sintep foi representado pelo secretário de Finanças, Orlando Francisco.

O diretor do Sindicato dos Profissionais da Área Instrumental do Governo (Sinpaig/MT) Antonio Wagner de Oliveira declarou que há pessoas se comportando como pelegos para conseguir as coisas junto ao governo do estado, e que a imagem que está ficando em evidência é a de um sindicalismo que tem medo de enfrentamentos e não se indispõe com o governador Mauro Mendes.

Avanço das terceirizações

"Algumas carreiras tiveram melhorias, mas não foram os servidores que conquistaram, foi o governo do estado que estabeleceu", disse Wagner. Ele também alertou o Fórum Sindical sobre o avanço das terceirizações e sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 32, da reforma administrativa, que simboliza o fim do serviço público no País.

Antonio Wagner falou da Lei Complementar nº 600/2017, que, conforme lembrou, está caminhando com o teto de gastos. "É o arcabouço que legitimou as terceirizações no estado de Mato Grosso. Essa lei abriu a possibilidade de terceirizar até mesmo parte da área fim do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea/MT)", explicou. Segundo ele, os servidores têm que ir para as ruas e pedir concurso público, têm que enfrentar as terceirizações e precisam combater a LC 600/2017".  

Veja todas as fotos da reunião aqui abaixo, no final da matéria.

Confira, a seguir, a lista completa das entidades sindicais e seus representantes, presentes na reunião no Sindes:

- Adolfo Grassi de oliveira e Carlos Wagner Ribeiro (Sindes/MT);
- Diany Dias (Sintap/MT);
- Carmen Machado e Tatiana Lima (Sisma/MT);
- Antonio Wagner (Sinpaig/MT);
- Domingos Sávio Garcia, Associação dos Docentes da UNEMAT (Adunemat);
- Renato Brandão e Eunice Teodora em Santos Crescencio, a Nicinha, Sindicato dos Profissionais de Habilidades Específicas do Sistema Penitenciário de Mato Grosso (SINPHESP/MT);
- Henrique Lopes (CUT/MT);
- Orlando Francisco (Sintep/MT);
- Luiz Wanderlei dos Santos, Sindicato dos Trabalhadores da Educação Superior do Estado de Mato Grosso (Sintesmat);
- Laudicério Machado, Associação de Cabos E Soldados PM BM/MT (ACSPMBM/MT).

 

Luiz Perlato - SINTAP/MT

 

Conforme encaminhamento da Reunião de Diretoria ocorrida nos dias 23, 24 e 25 de março deste ano, informamos que foi suspenso o atendimento psicológico do Sindicato do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) até que sejam concluídos os estudos sobre a viabilidade da renovação do contrato com a profissional do setor.
A Diretoria ressalta que os servidores não devem se preocupar, pois o atendimento psicológico não será extinto. Trata-se apenas de uma reavaliação do contrato, e o atendimento será reestabelecido o mais rápido possível.

SINTAP/MT

O Filho Pródigo é, talvez, a mais conhecida das parábolas de Jesus. Mas a história também tem acontecido com o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT), que ontem (04) teve outra grata satisfação. O servidor do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea/MT) Vagner Arruda Passarinho, da Regional de Barra do Garças, se refiliou ao Sindicato. O bom filho à casa torna.

De passagem por Cuiabá com o gerente da Regional, Miguel Mustafá Neto, e mais 04 colegas que vieram buscar os veículos doados pelo governo do Estado para fortalecer o trabalho do Indea naquela região, Passarinho já bateu asas de volta à região de Barra do Garças, mas antes disso preencheu e assinou a ficha de filiação, sendo agora o mais novo sindicalizado do Sintap/MT.

Passarinho, entretanto, não foi o único a tomar esta decisão. Desde o retorno de Diany Dias à presidência do Sintap, tiveram outras refiliações, dentre elas a do presidente da Associação dos Servidores do Indea (ASSIN/MT), Artur Luciano Venturi.

Esta nova tendência está em sintonia com os planos da atual gestão do Sindicato, que pretende atingir a meta de filiação de 100% dos servidores de sua base, e para isso vem trabalhando desde o primeiro dia desde a sua posse.

Uma das estratégias da diretoria é estreitar a comunicação com os servidores, principalmente aqueles lotados no interior do estado, em localidades distantes. Quanto maior o índice de filiados, mais forte será o Sindicato, para lutar pelos servidores e defender os direitos da Categoria.

Luiz Perlato-SINTAP/MT

Ontem à tarde (04) o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap-MT) recebeu a visita de um grupo de servidores do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), da regional de Barra do Garças. E pensa numa turminha animada!

Vieram o gerente regional, Miguel Mustafá Neto; o diretor do Sintap Celso José Reimer Júnior, conselheiro fiscal do Sindicato; Reginaldo Aparecido Pereira; Adersino Marques Dias; Rogério Rodrigues de Souza e Vagner Arruda Passarinho.

O motivo da vinda a Cuiabá foi a busca dos novos veículos doados pelo governo do Estado ao Indea para fortalecer a defesa da proteção fitossanitária e animal no Estado. Além das caminhonetes, os servidores também vieram buscar móveis para 03 unidades da regional de Barra do Garças que estão sendo reformadas.

Na visita ao Sintap, foram recebidos pela presidente Diany Dias, o grupo dormiu no alojamento do Sindicato, para seguir viagem somente nesta terça-feira.

Para o Sindicato, é um privilégio receber os servidores em trânsito pela capital, porque na oportunidade trazem sempre informações sobre as condições do trabalho de fiscalização em suas regiões e as novidades das regionais. Mas, além de tudo isso, ainda teve uma nova sindicalização, porque Vagner Passarinho se refiliou ao Sintap.

Os servidores da regional de Barra do Garças agradeceram o empenho da diretoria do Indea-MT para a reforma das unidades e aquisição dos veículos.

Luiz Perlato/SINTAP-MT

Na manhã desta quinta-feira (31) ocorreu Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Associação dos Servidores do Indea (ASSIN-MT), no salão de festas da sede social da entidade. Conduzida pelo presidente da ASSIN, Artur Luciano Venturi, a Assembleia teve a participação da presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap-MT), Diany Dias.

Foi uma Assembleia Geral Ordinária, com prestação de contas referente ao exercício anterior, e Extraordinária, porque também foram tratados temas relacionados à sede campestre de Barra do Bugres e a investimentos. A prestação de contas foi aprovada por unanimidade e sem ressalva.

Em relação a investimentos, o destaque da Assembleia foi a fala do presidente da ASSIN sobre a construção de um quiosque nas imediações do centro desportivo da Associação. "Já temos projeto e orçamento, e estamos atrás de formalizar um termo de parceria com um investidor externo", disse Artur.

Segundo o presidente, o próximo investimento, previsto para o segundo semestre deste ano ou primeiro semestre do ano que vem, será a construção de um parque aquático para os associados, com piscina, churrasqueira e banheiro.

"Na presente assembleia foi constituída uma comissão, formada por associados, para avaliar a situação da sede campestre, incluindo a discussão sobre melhor uso do espaço. Queremos melhorar o atendimento aos nossos associados, bem como promover atrativos para que novos servidores venham a se associar e esperamos que as pessoas passem a frequentar mais a nossa sede", declarou Artur.

Durante a Assembleia, Diany Dias e Artur Venturi exaltaram a parceria do Sintap com a ASSIN. A presidente do Sintap lembrou que também é associada da ASSIN, e que portanto tem todo interesse que a Associação consiga realizar novas benfeitorias para tornar o local ainda melhor para todos os associados. Ela colocou o Sintap mais uma vez à disposição da ASSIN, e o presidente da Associação agradeceu e destacou que as duas entidades sempre foram parceiras.


Luiz Perlato/SINTAP-MT

Parceiros