Sintap-MT

Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

O Sintap/MT enfatiza que nunca solicita qualquer tipo de pagamento antecipado ou envia mensagens com pedidos de depósitos ou transferências financeiras para a liberação de valores. Todas as comunicações oficiais são realizadas por meio de canais formais do sindicato.

Orientações aos Servidores:

Desconfie de mensagens solicitando pagamentos antecipados: Qualquer pedido de dinheiro em troca de liberação de valores de processos deve ser considerado suspeito.

Verifique a autenticidade: Sempre entre em contato com a assessoria jurídica do Sintap/MT ou com seu advogado de confiança antes de tomar qualquer decisão.

Não forneça informações pessoais ou financeiras: Evite compartilhar dados sensíveis sem confirmar a veracidade da solicitação.

Denuncie tentativas de golpe: Reporte imediatamente qualquer tentativa de fraude ao Sintap/MT e, se necessário, às autoridades competentes.

O sindicato reitera seu compromisso com a segurança e o bem-estar de seus associados, trabalhando continuamente para evitar que tais situações causem prejuízos aos servidores.

Assessoria de Imprensa
Sintap/MT

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, faz um alerta sobre a necessidade de cuidados específicos no manuseio de madeiras tratadas.

De acordo com a entidade sindical, é fundamental que os trabalhadores utilizem Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados para prevenir riscos à saúde. Este alerta reflete a preocupação com a segurança dos trabalhadores que lidam com substâncias químicas utilizadas no tratamento da madeira, que podem ser prejudiciais se não forem manuseadas corretamente.

Além disso, o Sintap/MT também destaca a importância do reconhecimento da insalubridade para atividades relacionadas à certificação e identificação de madeiras. “Essas atividades frequentemente expõem os trabalhadores a condições insalubres, justificando a necessidade de uma regulamentação adequada e a concessão de adicionais de insalubridade urgentemente a esses servidores”, disse Diany Dias, presidente do Sintap/MT. Ela reforçou ainda que é necessário garantir condições de trabalho seguras e justas para todos os profissionais da autarquia que desenvolvem qualquer atividade de risco.

Vale destacar ainda, que a atuação do Sintap/MT nesse sentido faz parte de um esforço contínuo para melhorar as condições de trabalho e proteger a saúde dos trabalhadores do sistema agrícola, agrário, pecuário e florestal do estado de Mato Grosso.
“O Sintap/MT tem sido uma voz ativa na defesa desses direitos, buscando sempre um diálogo aberto com as autoridades e empregadores para garantir a implementação de medidas de segurança eficazes”, concluiu a presidente.

Assessoria de Imprensa
Sintap/MT

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, está mais uma vez solicitando apoio para uma das servidoras, que enfrenta uma situação delicada de saúde. A funcionária da Unidade Local de Execução (ULE) do Pontal do Araguaia, pertencente à regional de Barra do Garças, Valdeia Alves Barbosa foi diagnosticada com Doença de Crohn, uma condição inflamatória crônica do trato gastrointestinal.

Desde o diagnóstico, a servidora tem enfrentado desafios significativos com o tratamento, que não está alcançando os resultados esperados com a medicação atual. Por essa razão, os médicos recomendaram que ela inicie um tratamento com Adalimumabe, uma medicação de alto custo. No entanto, para que possa adquirir o medicamento via Sistema Único de Saúde (SUS), ela precisa realizar uma série de exames complementares.

Os custos do tratamento e dos exames adicionais têm sido elevados, gerando um grande impacto financeiro para a servidora.

O Sintap/MT, reconhecendo a gravidade da situação e a importância da solidariedade, está pedindo a todos os seus membros e à comunidade em geral que contribuam da maneira que puderem. A entidade sugere que, todos que puderem façam sua doação em forma de pix para que a servidora possa dar continuidade no tratamento.

"Neste momento de necessidade, toda ajuda é bem-vinda. Pedimos que todos se sensibilizem com a situação e contribuam para que nossa colega possa continuar seu tratamento. Que Deus abençoe a todos que puderem ajudar", destacou a presidente do Sintap/MT, Diany Dias, reforçando que “a união e a solidariedade são fundamentais para enfrentar momentos como este, e o Sintap/MT espera que, juntos, possamos proporcionar à servidora as condições necessárias para seu tratamento e recuperação”, finalizou Diany.

FAÇA SUA DOAÇÃO E VAMOS JUNTOS AJUDAR NOSSA COLEGA:

Pix: 016.955.361-26
Banco do Brasil
Valdeia Alves Barbosa

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

Nesta segunda-feira, 20 de maio, é celebrado o Dia Mundial das Abelhas. Em comemoração à data, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, destaca a importância desses insetos para o ecossistema e chama a atenção para um alerta da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) sobre o preocupante declínio dos serviços de polinização em muitas partes do mundo.

A médica-veterinária Érika do Nascimento, servidora do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), explica que essa redução dos polinizadores se deve a uma combinação de fatores, entre os quais se destacam:
Redução do Habitat Natural: O desmatamento e as queimadas têm provocado uma diminuição significativa na disponibilidade de alimento e locais adequados para a construção de ninhos das abelhas.


Uso Indiscriminado de Agrotóxicos: A aplicação excessiva e inadequada de pesticidas afeta diretamente a saúde das abelhas, levando à mortalidade em massa desses insetos.


Competição com Espécies Invasoras: Abelhas nativas enfrentam competição de espécies invasoras que competem por recursos e espaço, comprometendo a sobrevivência das primeiras.


Disseminação de Doenças: A propagação de doenças, como vírus, bactérias, fungos, protozoários e ácaros, frequentemente resulta do transporte inadequado de colmeias e da troca de material apícola contaminado.
Mudanças Climáticas: As alterações no clima global afetam os padrões de floração das plantas e, consequentemente, a disponibilidade de alimento para as abelhas, além de impactar diretamente seu ciclo de vida.
Érika do Nascimento ressalta a vital importância das abelhas para o equilíbrio do ecossistema. "As abelhas são responsáveis por aproximadamente 75% da polinização das culturas alimentares do mundo. Sem elas, haveria uma redução significativa na produção de alimentos, o que impactaria diretamente na segurança alimentar global", afirma a especialista.

O Sintap/MT reforça a necessidade de ações concretas para proteger esses polinizadores, fundamentais para a biodiversidade e a agricultura. Entre as medidas sugeridas estão a criação e manutenção de áreas de proteção ambiental, a redução do uso de agrotóxicos, a promoção de práticas agrícolas sustentáveis e o incentivo à pesquisa sobre a saúde das abelhas.

"Neste Dia Mundial das Abelhas, é crucial que todos nós, como sociedade, reconheçamos a importância desses insetos e tomemos medidas para garantir sua preservação. Proteger as abelhas é proteger o futuro da nossa alimentação e do nosso planeta", disse a presidente do sindicato, Diany Dias.

A preservação das abelhas é uma responsabilidade compartilhada por todos, e o Sintap/MT convida a comunidade a refletir sobre as práticas que podem contribuir para a sobrevivência desses importantes polinizadores.

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

A diretora de aposentados do Sintap/MT, Orenil Andrade, conduziu uma reunião com os membros aposentados do sindicato nesta quarta-feira, 16 de maio, para discutir os detalhes da tradicional viagem anual dos aposentados, que este ano está programada para Porto Seguro.

A viagem está agendada para acontecer de 07 a 13 de outubro. O destino escolhido promete oferecer aos participantes uma experiência memorável. O grupo já conta com 105 inscritos e 65 acompanhantes.

O local de hospedagem selecionado para a estadia do grupo é o Sued’s Plaza Hotel, que certamente proporcionará conforto e comodidade durante a estadia.

Ainda há oportunidade para aqueles que desejam participar da viagem. Os interessados devem entrar em contato com a diretora de aposentados, Orenil Andrade, para garantir sua vaga.
“É importante ressaltar que servidores da ativa também são bem-vindos a se juntar à viagem, ampliando as oportunidades de interação e confraternização entre os membros do sindicato”, disse Orenil.

Para mais informações e inscrições, entre em contato com a diretora Orenil Andrade.

 

Neste Dia das Mães, Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) expressamos nossa mais profunda gratidão e admiração por todas as mães. Vocês são verdadeiras heroínas, desempenhando múltiplos papéis com amor, dedicação e força inigualáveis.

 Às mães que enfrentam os desafios diários da vida profissional como as servidoras do Indea e Intermat, e ainda a vida familiar com graça e resiliência, nós reconhecemos sua coragem e determinação. Vocês são exemplos inspiradores de como equilibrar responsabilidades, buscar excelência em suas carreiras e nutrir o amor em seus lares.

 Neste dia especial, queremos celebrar cada mãe, seja ela uma trabalhadora da administração pública, uma profissional empreendedora, uma cuidadora dedicada ou qualquer outra função que a vida a levou a ser. Seu amor incondicional e apoio constante são tesouros inestimáveis que enriquecem nossas vidas.

 Que este Dia das Mães seja repleto de momentos de alegria, gratidão e reconhecimento por tudo o que vocês fazem. Vocês merecem todas as homenagens e mais, não apenas hoje, mas em todos os dias do ano.

 

Feliz Dia das Mães!

Diretoria Sintap/MT

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) divulga uma lista de servidores aposentados e pensionistas do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea/MT) que ainda não realizaram o Censo Previdenciário. Esta divulgação visa alertar e mobilizar os servidores nessa situação, ressaltando a importância da regularização para garantir seus direitos previdenciários, tendo em vista de que a folha de pagamento fecha no dia 20 de maio.

O Censo Previdenciário é uma ferramenta essencial para a gestão eficiente dos benefícios previdenciários, garantindo a atualização dos dados dos servidores aposentados e pensionistas. No entanto, a não realização desse censo pode acarretar em complicações e atrasos nos pagamentos desses benefícios.

Diante disso, o Sintap/MT visa não apenas alertar os servidores sobre sua situação, mas também incentivar a regularização o mais rápido possível, a fim de evitar problemas futuros com o recebimento de seus benefícios.

“É importante ressaltar que a regularização no Censo Previdenciário é um procedimento simples, porém fundamental. A falta de atualização dos dados pode resultar em bloqueios ou suspensões nos pagamentos dos benefícios, afetando diretamente a vida financeira dos servidores aposentados e pensionistas”, disse a presidente do Sintap/MT, Diany Dias, reforçando que “é fundamental que esses servidores ajam rapidamente para evitar transtornos futuros e garantir a continuidade dos seus benefícios previdenciários. O sindicato permanece atento e disponível para prestar apoio e orientação aos servidores que necessitarem de assistência neste processo de regularização”.

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (Sintap/MT) sente-se honrado em parabenizar todo o povo mato-grossense pelo grandioso marco de 276 anos de fundação de nosso amado Estado.

Nesta data tão significativa, reverenciamos a rica história, cultura e tradições que moldaram Mato Grosso ao longo dos séculos. Desde os tempos primordiais até os dias atuais, Mato Grosso tem se destacado como sua rica diversidade, progresso e resiliência.

É com orgulho que testemunhamos o vigor e a determinação do povo mato-grossense, que enfrenta desafios com coragem e mantém viva a chama da esperança por um futuro melhor para todos.

Neste aniversário, renovamos nosso compromisso em contribuir para o desenvolvimento e o bem-estar do nosso Estado e de todos os seus habitantes. Que possamos continuar trabalhando juntos, construindo um Estado cada vez mais próspero, justo e inclusivo.

Parabéns, Mato Grosso, pelos seus 276 anos de história! Que esta data tão especial seja celebrada com alegria, gratidão e muita determinação para enfrentar os desafios e alcançar novas conquistas.

Diretoria Sintap/MT - Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso

Parceiros