Votação da PEC dos Aposentados na Assembleia ficou para 7 de dezembro Destaque

Quarta, 30 Novembro 2022 17:08 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Na esperança de aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 07/2022, que acaba com o desconto de 14% dos benefícios até o teto do INSS (R$ 7.087,22), os servidores públicos do Estado lotaram as galerias da Assembleia Legislativa na sessão desta quarta-feira (30), mas ainda não foi dessa vez que o objetivo foi alcançado.

Pelo SINTAP/MT compareceram a presidente, Diany Dias; a diretora dos Aposentados e Pensionistas, Orenil de Andrade; o diretor de Formação Política e Estudos Socioeconômicos, Francisco Aurélio Borges; e a delegada de Rondonópolis, Alexandra Pimentel de Lima.

Os servidores foram chegando a partir das 8 horas, mas chegar cedo de pouco ou nada adiantou, pois a sessão estava marcada para as 10 horas, e só começou por volta das 11 horas, sob os protestos do público.

Outro fato negativo foi que a proposta sequer constava na ordem do dia da sessão. Se esperava, porém, que o presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (União), colocasse o texto em votação, através de uma sessão extraordinária. Isso se o Governo não apresentasse, até a presente data, um projeto alternativo, por alegar que a PEC 07 provocará um rombo nos cofres públicos.

Botelho, que não estava presente no início da sessão, até apareceu, mas disse que, como ele tinha dado ao governo o prazo até hoje dia 30/11, e que até à noite é 30/11, justificou sua decisão e marcou para dia 07/12 a votação da PEC 07, firmando compromisso de ser a primeira matéria, ou seja, o primeiro projeto a ser votado nesse dia.

Luiz Perlato - SINTAP/MT

Ler 381 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 30 Novembro 2022 17:12
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros