Sintap/MT comemora a não aprovação da PEC 32 em 2021 e reforça importância da continuidade das mobilizações Destaque

Sexta, 31 Dezembro 2021 07:33 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Assessoria de Imprensa
Sintap/MT


O esforço dos servidores e diretoria do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, e de outros servidores do País, impediram a aprovação da PEC 32, que versa sobre a Reforma Administrativa, em 2021.


De acordo com a presidente do Sintap/MT, Rosimeire Ritter, foram muitas viagens a Brasília e mobilizações através de redes sociais que contribuíram para que a medida não fosse votada ainda nesse ano.
“Todo esse trabalho foi fundamental para barrar a tão temida reforma administrativa, que ficou para ser votada em 2022”, disse ela.


Todo esse cenário foi comemorado pelos servidores públicos de todo país, que realizaram manifestações durante 14 semanas para impedir a proposta que destrói os serviços públicos. Entretanto, o Sintap/MT reforça que a mobilização contra a proposta de emenda à Constituição deve ser mantida.


“É imprescindível que se mantenha a mobilização dos diversos setores do funcionalismo para enterrar de vez a reforma administrativa em 2022. A luta deve ser constante e cada vez mais forte”, avalia a presidente do Sintap/MT.

Ler 91 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 31 Dezembro 2021 07:41
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros