Sintap/MT envia oficio ao Indea após denúncias sobre desvio de função Destaque

Quarta, 30 Junho 2021 17:44 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Assessoria de Imprensa
Sintap/MT


O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário do Estado de Mato Grosso (SINTAP/MT), enviou um oficio a presidência do Indea/MT nesta semana, após ter recebido denúncias de servidores da autarquia informando que estão sendo obrigados a efetuar serviços diversos daqueles que a lei que disciplina seu cargo prevê, em especial: carregamento de peso; encaixotamento de bens, arquivos, processos e mobiliários; embalagens e demais serviços relacionados à mudança da sede.


De acordo com a presidente do Sintap/MT, Rosimeire Ritter, esses serviços estão sendo efetuados pelos servidores em decorrência da mudança da sede do Indea e que os mesmos não competem a esses servidores. “Eles estão sendo desviados de suas funções para desenvolverem outras que não são de sua competência”, afirmou.


No documento enviado, o Sintap/MT lembra a gestão da autarquia que “os servidores não podem ser compelidos a parar de exercer suas atividades para exercer serviços relacionados à mudança da sede”, além disso, “os serviços de encaixotamento, guarda, fiscalização e carregamento de peso excedem as obrigações legais dos servidores, de forma que deve a administração pública contratar pessoas jurídicas qualificadas para fazer a mudança, e garantir que todos os bens, arquivos, processos e demais mobiliários sejam transferidos da sede antiga para a nova sem qualquer dano”.


Para finalizar o documento, a diretoria do sindicato solicita informações sobre as denúncias recebidas. Também reforça que “os servidores não são obrigados a efetuar carregamento de peso; encaixotamento de bens, arquivos, processos e mobiliários; empacotamento e demais serviços relacionados à mudança da sede”.

Ler 161 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros