Sintap/MT solicita novamente ao governo do Estado vacinação contra a covid-19 dos profissionais da defesa agropecuária por desenvolverem serviço essencial Destaque

Quarta, 05 Mai 2021 20:52 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

Incansável em suas lutas, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (SINTAP/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, enviou novamente oficio nesta quarta-feira (05.05) ao governo do Estado solicitando a inclusão dos servidores do Indea no grupo prioritário de vacinação, tendo em vista que desenvolvem atividade essencial, que não pode paralisar. O pedido foi reiterado ao governador através do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho.

No documento o Sintap defende que “a atividade de fiscalização agropecuária exige também atendimento direto ao público, deslocamentos constantes, visitas a diversos locais como propriedades e estabelecimentos comerciais dentre outros, além disso, a atividade é reconhecida como essencial através do decreto federal nº 432 de 31/03/2020. Ademais, dispor em seus quadros de médicos veterinários e respectivos técnicos, considerados destacados no Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra Covid-19, conforme ofício 008/2021/DEIDT/SVS/MS de 18/01/2021”, diz parte do oficio.

O Sindicato lembra ainda, que “a campanha de vacinação contra febre aftosa teve inicio em 01/05 e término previsto para 10/06/2021, com isso, a procura pelo INDEA se intensifica neste período, aumentando significativamente o movimento de pessoas em suas dependências”, comentou a presidente, Rosimeire Ritter, cobrando ainda que, “o retorno ao trabalho presencial deveria ser precedido da inclusão dos servidores da autarquia no grupo prioritário da vacinação”.

Para finalizar o documento, o Sintap/MT solicita para que os profissionais da defesa agropecuária do Estado de Mato Grosso sejam vacinados contra a Covid-19 ainda na primeira quinzena de Maio/2021. “Esperamos que o governo dos dê um sinal positivo, já que somos considerados atividade essencial, então, que pelo menos tenhamos esse direito garantido”, disse a presidente.

 

Ler 135 vezes
Avalie este item
(1 Votar)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros