Servidores do Indea voltam a trabalhar com  atendimento presencial e integral sem terem sido vacinados Destaque

Terça, 04 Mai 2021 20:27 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Assessoria de Imprensa

Sintap/MT

Após determinação do governador Mauro Mendes, os servidores públicos retornaram ao trabalho de forma presencial e integral desde a última segunda-feira, porém, mesmo depois de inúmeros pedidos do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT), os servidores do Indea, que desenvolvem um trabalho considerado essencial, ainda não foram vacinados contra a covid-19.

Para a diretoria do Sintap/MT, essa decisão é vista com muita preocupação. “O governador determina esse retorno total dos trabalhadores, colocando fim do revezamento e tudo mais, sem ao menos disponibilizar a vacinação para esses servidores, do Indea, principalmente que desenvolvem atividade essencial. É difícil de aceitar”, afirmou a presidente, Rosimeire Ritter.

De acordo com a publicação oficial do governo, a decisão foi embasada após redução da taxa de ocupação de leitos de UTI Covid-19. Boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde apontou que a taxa de ocupação de UTIs no Estado tem diminuído, contudo, os riscos ainda são muito altos.

“Nós temos perdido com frequência servidores que foram contaminados pelo vírus. A todo instante temos essas tristes noticias, então, não tem como não nos preocuparmos com essa decisão, no mínimo, tomada de forma antecipada, colocando mais uma vez a vida dos servidores que trabalham diretamente com o público e de seus familiares em risco”, falou Rosimeire.

 

 

Ler 29 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros