Sintap/MT solicita informações sobre a cédula C a Seplag Destaque

Quinta, 11 Março 2021 18:26 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
 
Assessoria de Imprensa
Sintap/MT
 
Já estamos no mês de março e milhares de servidores públicos de Mato Grosso que receberam acima de R$ 28.559,70 ao longo de 2020 deverão declarar o imposto de renda, que teve inicio no dia 01 de março e segue até 30 de abril.
Contudo, algumas dúvidas em relação a esse processo estão surgindo e com o objetivo de esclarecê-las, o diretor-geral do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário do Estado de Mato Grosso (SINTAP/MT), que representa os servidores do Indea e Intermat, Vânio Brandalise, entrou em contato com a coordenação da secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (SEPLAG) em busca de informações.
 
“Conforme nos foi repassado, em relação a cédula C, no ano de 2020 recebemos 13 salários, o de dezembro de 2019 e os 12 de 2020, mais férias, e 13° salário, além disso, conforme nos foi explicado, a folha de pagamento é feita por competência, não importa o mês que o servidor esta recebendo, porém, para o imposto de renda, é conforme o fluxo de caixa, sendo que por mais que na folha esteja o imposto de renda referente a dezembro 2019, quando você recebe e se você recebe o valor de Janeiro 2020 para a Receita Federal é isso que importa, ou seja, a data e o mês em você recebeu ou quando você teve os descontos”, informou Brandalise.
 
Porém, diante de toda essa situação, algumas outras dúvidas também surgiram, além disso, alguns servidores estão se sentido prejudicados, então, a presidente do Sintap/MT protocolou um oficio na Seplag em busca de maiores esclarecimentos.
 
“Aproveitamos para comunicar que o servidor que se sentir prejudicado diante de toda essa situação, para que entre em contato com a assessoria jurídica do Sintap, pois caso não seja resolvido administrativamente o sindicato vai acionar o estado judicialmente, já que essa situação gerou alteração do total remuneratório relativo a 2020 e pode ter havido alteração do imposto de renda e do valor a ser restituído, por isso estamos buscando informações detalhadas junto a Seplag”, informou Rosimeire.
Foto: secom/MT
Ler 186 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros