Situação caótica continua no Indea do Distrito Industrial; Direção do Sintap vai até o local

Segunda, 10 Junho 2019 06:18 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte

Já são aproximadamente 30 caminhões que estão aguardando a abertura do acesso para passarem pela fiscalização e seguirem viagem com o carregamento de madeira.

 A situação critica no Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), localizado no Distrito Industrial, que iniciou na manhã desta segunda-feira (10.06) continua e tem preocupado a direção do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário e Pecuário de Mato Grosso (Sintap), sindicato dos servidores do INDEA e Intemat, que foi até o local após tomar conhecimento dos fatos.

O problema teve inicio após uma obra do Corpo de Bombeiros, que está sendo construída ao lado da unidade, estar trancando o acesso dos caminhões ao pátio do local para serem vistoriados, com isso, uma fila de caminhões começou a se formar no local. São caminhões carregados de madeira e que deveriam ser vistoriados pelos servidores do Indea, porém, sem ter acesso ao pátio da unidade, os mesmos estão ficando paralisados na BR 364.

De acordo com a presidente do Sintap, Rosimeire Ritter, que também esteve na unidade, já havia sido determinado pela equipe de engenharia da obra um determinado tempo para que se fosse feita outra passagem.

“Como não foi tomada nenhuma providência, eles simplesmente trancaram o portão com vários pedaços de madeira, impedindo assim, os caminhões de adentrarem ao pátio para serem vistoriados e impedindo o trabalho dos servidores da unidade”, explicou ela.

Já são aproximadamente 30 caminhões que estão aguardando a abertura do acesso para passarem pela fiscalização e seguirem viagem com o carregamento de madeira.  

“São dois órgãos do Estado e esse é sem dúvida um problema que deve ser resolvido pelo Estado. Nós queremos uma solução o mais rápido possível, pois nossos servidores não podem ser impedidos de exercerem seu oficio por irresponsabilidade do governo. Nós iremos continuar acompanhando essa situação e tomando as medidas necessárias para que esse problema seja resolvido o mais breve possível”, disse Rosimeire.

Autor/Fonte: ComunicArte - Assessoria de Imprensa/Sintap

Ler 192 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Website.: www.sintapmt.org.br/

Parceiros