Sintap/MT questiona presidente do Indea sobre reforma do Posto de Indentificação de Madeira

Quarta, 06 Novembro 2019 23:36 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
Questionado, o presidente do Indea, Tadeu Mocelin, afirmou que o pedido já foi feito oficialmente para o juiz responsável.

Após inúmeras reivindicações contra a situação de insalubridade a qual estão submetidos os servidores do Posto de Identificação de Madeira, o Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT) cobra uma posição sobre o andamento da reforma do local, o qual foi determinado pela justiça.

Questionado, o presidente do Indea, Tadeu Mocelin, afirmou que o pedido já foi feito oficialmente para o juiz responsável. “Agora aguardamos apenas essa questão burocrática de como será feita a transferência do recurso para início da obra”.

Mocelin disse que ainda não há previsão dos trabalhos, mas que ainda esta semana seria realizada mais uma reunião sobre o assunto. “Nos próximos dias, estarei reunindo com o juiz do caso para tentar agilizar o processo o mais rápido possível, de preferência antes que intensifique as chuvas”, declarou ele.

Quanto às melhorias do posto, o presidente contou que será feito um acesso, uma rampa. “No momento é o recurso que está disponível, que gira em cerca de R$ 500.00,00. Tem também o recurso da emenda federal, que estamos tentando para questão de alojamento e melhores condições para os servidores que estão lá”.

Para a presidente do Sintap/MT, Rosimeire Ritter, “As péssimas condições de trabalho as quais esses servidores estão submetidos são imensas e quanto mais tempo levar para começar a reforma, mais problemas surgirão, lembrando que as dificuldades enfrentadas por eles já foram relatadas e denunciadas por diversas vezes a direção do Indea”.
Rosimeire declarou que o Sindicato acompanhará de perto o andamento dessa obra. “Estaremos acompanhando todo o processo dessa reforma que tem o objetivo de dar um pouco de dignidade para os nossos servidores, que labutam diariamente com dedicação e empenho naquele lugar”.

Dificuldades

Entre os principais problemas enfrentados pelos servidores do posto de identificação, estão: Falta de segurança, alojamento precário, falta alojamento feminino, manutenção de ar-condicionado, banheiro em conjunto com cozinha, entre outros.

 

 

Autor/Fonte: Assessoria de Imprensa/Sintap-MT

Ler 10 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Sexta, 24 Janeiro 2020 07:37
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Website.: www.sintapmt.org.br/

Parceiros