Diretoria Executiva do Sintap/MT se reúne para tratar de temas importantes para os servidores do Indea e Intermat Destaque

Segunda, 11 Setembro 2023 21:01 Escrito por  tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
 
Assessoria de Imprensa
Sintap/MT
 
Nesta segunda-feira, membros da diretoria executiva do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT) se reuniram para deliberar sobre uma série de assuntos de grande relevância para os servidores vinculados ao Instituto de Defesa Agropecuária do Estado (Indea) e do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat).
 
Dentre os temas abordados, destacam-se: a Prestação de Contas da Entidade Sindical: A diretora Maria Fernanda apresentou uma análise minuciosa das finanças do sindicato, demonstrando transparência e responsabilidade na gestão dos recursos; Lei Complementar – Insalubridade: Foi discutida a importância de garantir condições de trabalho seguras e salubres para os servidores, bem como a necessidade de atualização e adequação à legislação vigente; PEC (Proposta de Emenda à Constituição): Foram analisados os impactos das PECs em tramitação no âmbito estadual que possam afetar os servidores representados.
 
Além disso, pontuaram sobre a corrida do servidor e Dia do Servidor: Foram planejadas iniciativas para celebrar e reconhecer a dedicação e empenho dos servidores, promovendo a integração e bem-estar deles e de seus familiares.
Trataram ainda sobre o Power Bi / Banco de Dados: Foram apresentadas ferramentas e estratégias para aprimorar a gestão de informações e otimizar processos internos e URV (Unidade Real de Valor), onde informaram que o processo está em análise por parte do perito nomeado pela justiça. A presidente do Sintap reforçou que ainda faltam servidores enviarem suas fichas para o sindicato.
 
Já um tema que foi bastante debatido entre os diretores foi a ilegalidade da Portaria 253/2023 que fixa “normas e critérios para o funcionamento dos postos fiscais, barreiras sanitárias e barreiras volantes”, publicada pelo Indea/MT.
 
Conforme avaliou a assessoria jurídica do sindicato, o INDEA extinguiu o regime de plantão e criou um regime hibrido que demanda o afastamento do servidor para o Posto Fiscal ou Barreira Sanitária e labor entre 5h e 21hs, respeitado o limite de 8hs diárias.
Diante disso, os membros da diretoria estão contestando a referida e portaria e deverão se reunir nesta terça-feira com a presidente do Indea e entre os assuntos, discutir as novas determinações publicadas.
 
A reunião demonstrou o compromisso da diretoria executiva do Sintap/MT em promover o bem-estar, a segurança e a valorização dos servidores do Indea e Intermat. “A troca de ideias e a busca por soluções eficazes refletem o empenho do sindicato em representar de forma ativa e eficaz os interesses da categoria. A entidade reafirma seu compromisso em trabalhar incansavelmente em prol dos servidores e do fortalecimento dos mesmos”, disse a presidente do Sintap/MT, Diany Dias.
Ler 482 vezes
Avalie este item
(1 Votar)
Sintap-MT

Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso.

Parceiros