Notícias

Sintap agradece carros para Indea, mas quer curso para Afedafs II

01/12/2017
ImagemCapa
Atendimento ao público também deve ter atenção do governo na opinião da presidente do sindicato


A direção do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal do Estado de Mato Grosso (sintap) parabeniza o Governo do Estado por finalizar o trabalho de estruturação do Indea com a entrega, na tarde do último dia 30.11, de 25 veículos e a promessa de reforma de 100 unidades, trabalho este iniciado no ano de 2014, pela então presidente, Maria Auxiliadora. Na ocasião da entrega dos carros o governador do Pedro Taques informou que até julho de 2018 os investimentos serão voltados à reforma e entrega de 100 sedes do Indea. Diante dessa expectativa o Sintap, através de sua atual presidente, Diany Dias e da eleita para 2018, Rosimeire Ritter, se coloca à disposição para ajudar no diagnóstico do que as unidades precisam para bem atender e também cobrar os cursos de treinamento para os Agentes de Fiscalização de Defesa Agropecuária (Afedafs) II, que esperam por isso desde o início do governo Taques.

 

Conforme o presidente do Indea, Guilherme Nolasco, nos três últimos anos, o governo investiu na manutenção de 2.300 postos de treinamento com a capacitação de 1.673 profissionais, sendo 630 médicos cadastrados e 370 agentes de fiscalização. De acordo com Dias, estruturar as unidades é algo de fundamental importância, no entanto, não é possível deixar de lado a melhoria da capacitação dos servidores Afedafs II que estão à margem dos treinamentos destacados por Nolasco. “O trabalho pode render muito mais qualidade se a estrutura for casada com capacitação, tendo em vista que esses que esperam qualificação são os que lidam mais diretamente com o público que deve ter, cada vez mais celeridade em seu atendimento”, destaca a presidente.

 

O Indea está presente nos 141 municípios de Mato Grosso e tem, em seu lotacionograma, 960 cargos criados, 869 cargos ocupados e 91 cargos vagos tendo, ainda, quatro técnicos de outros órgãos cedidos à autarquia advindos da Seges e Controladoria Geral do Estado (CGE). Desse total, apenas 214 são Afedafs II, número que, segundo Dias, é ínfimo e imprescindível de também terem o mesmo nivelamento de atenção do que os demais servidores.


Autor/Fonte: Adriana Nascimento – Assessoria Sintap/ Gcom-MT- Christiano Antonucci


    Deixe seu comentário

    *
    *
    *
    Rua 6, Setor Oeste, nº 2
    Bairro Morada do Ouro, Cuiabá - MT
    E-Mail: imprensa@sintapmt.org.br
    Telefone: (65) 3644.3747/ 3644.3775 / 98118.7557